automóveis

Terceirização de frota: a solução contra a alta do preço dos veículos

Com a alta significativa dos carros 0km, seminovos e usados, a terceirização de frotas apresenta-se como uma alternativa bastante considerável para empresas que necessitam dos veículos como “instrumento de trabalho”.

Além de fugir dos altos preços, a terceirização inclui uma série de outras vantagens. Neste artigo, vamos em busca de entender essas duas questões: porque os veículos ficaram tão caros no Brasil e qual os benefícios de contar com uma frota terceirizada.

Causas globais

Sim, a pandemia é a grande responsável pela alta dos preços. Mas, por quê?

Uma das razões é a falta de alguns componentes, em especial semicondutores, que são utilizados na fabricação de microprocessadores – e estão presentes em praticamente todos os carros hoje em dia. Tal produção é concentrada na Ásia, como se sabe, região do epicentro da crise do novo coronavírus. Com isso, fábricas no Brasil e no mundo ficaram paradas por falta de matéria-prima.

Com a queda na oferta e demanda constante ou crescente, o preço dos veículos disponíveis aumenta. Sem dinheiro para um 0km, boa parte do público consumidor migra para os seminovos, mercado que vendeu bem nos primeiros tempos da pandemia, mas que logo também começou a sofrer com a redução da oferta. Por consequência, o preço dos usados igualmente subiu.

Outros insumos e serviços também encareceram durante a pandemia. Segundo a Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores), de janeiro do ano passado ao mesmo mês em 2021, o aço subiu 61%; o frete aéreo encareceu 105%; e o frete marítimo, 339%.

Causas nacionais

No cenário interno, um grande fator de impacto foi a alta do ICMS promovida em janeiro pelo Governo de São Paulo tanto para os carros novos, quanto para os usados. Os paulistas são responsáveis pela maior frota circulante do País, cerca de 30 milhões de veículos, e por 40% da produção nacional de automóveis – o que disseminou a alta por todo Brasil.

Houve ainda a elevação da tarifa de eletricidade, ocasionada pela escassez de chuvas. Sem as hidrelétricas em pleno funcionamento, o Governo foi forçado a recorrer às usinas termelétricas, cuja produção de energia é mais cara. Sem falar na alta do preço dos combustíveis e do frete de transporte rodoviário.

Assim, pela Tabela Fipe, o modelo 0km de um dos carros mais vendidos do Brasil, o Chevrolet Ônix 1.0 Hatch Flex, é vendido a R$ 66,3 mil em outubro deste ano; em fevereiro de 2020, antes da explosão da pandemia, o mesmo carro era comercializado a R$ 50,2 mil – variação acumulada de 31,9%.

Terceirização

A alternativa para todo este aumento é a terceirização da frota, solução que une qualidade de serviço e economia, com a seleção dos modelos de carro mais úteis ao seu negócio e customização personalizada.

Com uma frota terceirizada, você não precisa arcar com manutenção, revisão, compra de peças, entre outras preocupações inerentes ao controle de patrimônio próprio.

Além disso, é possível fazer um controle de frota bastante rigoroso, com administração do tempo de rodagem e agendamento das manutenções preventivas de maneira que os veículos estejam disponíveis por mais tempo. É permitido ainda o acompanhamento de dados como uso de combustível, rodagem de pneus, geolocalização etc.

Assim, você se concentra no que de fato importa para sua empresa, tornando-a mais eficiente.

Em nosso blog há outros artigos que explicam ainda mais como funciona a terceirização de frotas. Acesse todo nosso material, compartilhe e, em caso de dúvidas, entre em contato.

Tags:

, , , , , , , , , ,

Você também pode gostar